00
Dias
00
Horas
: 00
Minutos
: 00
Segundos

Editoriais


VALE A PENA SER PROFESSOR?

07/10/2019

VALE A PENA SER PROFESSOR?

Durante o ano, são inúmeras as datas em que se prestam homenagens a profissionais dos mais diversos ramos de atividades. O dia 15 de outubro é tradicionalmente dedicado a um em especial: o professor. É um momento oportuno para uma reflexão. Vale a pena ser professor?

No atual contexto educacional, em qualquer nível (municipal, estadual ou federal), na esfera pública ou privada, talvez encontremos muitos nãos. Salários pouco atrativos, jornada de trabalho exaustiva, falta de perspectiva de carreira profissional... A escola absorvendo demandas da sociedade, das famílias e sem condições de dar conta. Episódios de violência extrema contra educadores, vitimização de alunos em ataques com requintes de crueldade, em um cenário inimaginável há pouco tempo.

Mas, ser professor é, e ainda será (devemos crer nisso), uma vocação. De norte a sul deste gigante adormecido por preguiça, ainda é possível encontrar abnegados e abnegadas dando tudo de si, acreditando em um ideal, remando contra as marés: da falta de condições mínimas de trabalho, exercendo seu ofício (sacerdócio?) com dedicação nos lugares mais improváveis, da falta de status, das cobranças por resultados, das cobranças das famílias das dificuldades para se aperfeiçoarem. Tentando motivar jovens que não estão nem aí mesmo sendo privilegiados socialmente, mantendo o ânimo daqueles que vivem em situação de risco nas comunidades sitiadas pela violência e cujos  sonhos de um destino mais justo dependem da educação. Daí vem um sim heróico e resistente.

Onde quer que se encontre uma criança a ser iniciada na vida escolar, um pré-adolescente caminhando no ensino fundamental, um adolescente às voltas com o desafios da preparação para o ENEM, para a carreira militar, para aprender a ser técnico em um ofício. Onde houver um jovem ou adulto em busca de um diploma no curso superior, lá estará um mestre (soa bem as seus ouvidos esse merecido  título...)

Quem não se lembra de um professor ou professora que marcou sua vida? Na alfabetização, nas séries iniciais de sua vida escolar, que desvendou os mistérios dos conteúdos mais difíceis. Que nos encantou com belos exemplos de lições de vida, que nos despertou para a escolha de profissões, que nos fez bons leitores, escritores artistas, cientistas, líderes. E que também incentivaram muitos a serem professores como eles...

Fica aqui uma frase que talvez responda à questão inicial, se vale ou não a pena ser professor: “Eu me tornei professor porque a sua vida vale o meu tempo”.

                               

Por: Julio Carlos de Freitas Cordeiro 
Professor