Nosso aluno, nosso orgulho


Carolina Pitanga Pinheiro

04/07/2019

Carolina Pitanga Pinheiro

Atualmente, Carolina Pitanga Pinheiro é Capitão da Polícia Militar do Espírito Santo e o grande incentivador na sua carreira, sempre foi seu pai, Edson Pinheiro. Durante um dia de descanso, Carolina conversou com nossa equipe de redação sobre sua carreira e relembrou os tempos de aluna CEIC.

Como foi a escolha da sua carreira?

Venho de uma família de policiais militares, meus avós tiveram 5 filhos e 3 são policiais, inclusive meu pai. Meu pai construiu uma carreira sólida dentro da corporação e o seu sucesso, sempre foi motivo para ele me impulsionar na carreira pública. Desde muito nova, o meu foco era concurso público, prestei inclusive durante o Ensino Médio.

Dos tempos de CEIC, do que você mais sente saudade?

A convivência diária com todos. Com o tempo, vamos nos afastando, meus amigos seguiram carreiras diferentes e fica difícil conciliar as agendas. Mas não perdemos o contato, temos um grupo chamado “CEIC” em que marcamos encontros e conversamos sobre os tempos de escola.

Professores, funcionários, algum momento inesquecível?

Professores como Serjão de História, Gustavão de Biologia e o Affonso de Física, são pessoas que jamais esquecemos. Dedicados, estavam sempre ao nosso lado, nos acalmavam nos momentos de ansiedade, como foi o nosso último ano, minha turma prestes a prestar vestibular, pressão dos pais, a vida adulta se iniciando e eles alí, sempre atentos, nos aconselhando, conversando. Com certeza, no CEIC, eu tive mais que professores, eram nossos verdadeiros amigos. E as viagens, como era bom conhecer outros lugares com a turma da Escola, foi onde despertei a paixão por viajar e conhecer novos lugares.

De 2002 a 2007, foi uma época em que eu estava me redescobrindo, formando minha personalidade, a pessoa que eu sou hoje. E muito do que eu vivi na Escola, me ajudou a evoluir, olho pra trás e vejo como foi importante passar pelo “CEIC”, conhecer e conviver com as pessoas que se tornaram grandes amigos e exemplos.

Deixe um recado para nossas alunas que pretendem seguir na carreira militar e a todos que estudam e frequentam nosso Colégio.

Para as meninas que pretendem seguir carreira militar, Carolina deixou um conselho: “estudem e sejam firmes. Hoje, muitas corporações são comandadas por mulheres, o espaço existe e só precisa ser preenchido.” Aos alunos e funcionários do Colégio, nossa ex-aluna também deixou uma mensagem.

Agradeço a todos que fizeram parte da minha Educação dentro do Colégio CEIC, da portaria aos Diretores, cada espaço nessa Escola guarda boas lembranças e ensinamentos. Aos alunos, peço que aproveitem ao máximo enquanto estiverem aí, é uma história que estão construindo dentro de um Colégio que acolhe de braços abertos cada aluno e cada família.