00
Dias
00
Horas
: 00
Minutos
: 00
Segundos

Nosso aluno, nosso orgulho


Eliara dos Santos Marchese

04/06/2019

Eliara dos Santos Marchese

Eliara dos Santos Marchese tem 25 anos e é professora do 2º ano B. Formada em Pedagogia pela Universidade de Vila Velha, concluiu o ensino básico como aluna CEIC, saindo do Ensino Médio em 2010.

Durante uma pausa na rotina como professora, Eliara conversou com a nossa redatora sobre os tempos em que ainda era aluna e como se sente convivendo com colegas de trabalho que no passado, foram seus professores. Para ela, é muito gratificante trabalhar na Escola onde estudou. Pois, foi no Colégio CEIC que a vontade de ser professora despertou.

“A convivência com os meus professores, em especial com a professora Aline de Língua Portuguesa e o professor de História, Serjão, fez com que eu admirasse ainda mais o trabalho dedicado à Educação. Ao falar dos professores, Eliara destaca duas lembranças marcantes do tempo em que sentava na carteira como aluna. “A viagem para Porto Seguro na Bahia com a Cultural Tour, organizada pelo professor Serjão, foi inesquecível. Foi no meu último ano, na época, minha turma não fiz festa de formatura e a viagem fechou nosso ano com chave de ouro.”

Além da viagem cultural, a professora relembra momentos dentro da Escola, ao falar das sessões de fotos que fazia com outros colegas, Eliara comenta sorrindo. “No CEIC, também tive meus dias de modelo. Eu achava um máximo quando a Direção me chamava para fazer sessão de fotos pelo espaço do Colégio. Ao lado de outros alunos, fiz parte de algumas campanhas publicitárias, apareci na TV, tinha foto nos ônibus (busdoor), panfleto de matrícula. Na época, meus amigos e familiares me apelidaram de “Garota CEIC” e eu achava um máximo.” 

Sendo ex-aluna e hoje professora, Eliara comenta sobre as mudanças na Instituição. “Os anos que passei como aluna do CEIC, são os anos mais felizes da minha vida. As mudanças estão na estrutura, o Colégio melhora a cada ano, mas tenho muito carinho pelo CEIC antigo, o lugar que mais sinto saudade é da antiga arquibancada onde é a sala de jogos. O uniforme também mudou bastante, durante o Ensino Médio, minha geração usava uma camisa com detalhe laranja que guardo até hoje por ser minha cor favorita.”

Encerrando a entrevista, Eliara relembra o sentimento ao saber que faria parte da equipe de professores do Colégio e deixa uma mensagem a toda equipe de funcionários e alunos. “Quando recebi a notícia de que estava contratada, fiquei muito feliz. Sinto-me fazendo parte de uma família, foi como se eu tivesse saído de férias escolares por um tempo e retornei como colaboradora e mais uma responsável pelo crescimento e sucesso do Colégio que sempre me acolheu”.

Aos alunos e colegas de trabalho, professora deixa um conselho: “aproveitem as oportunidade e façam o melhor sempre. O tempo passa rápido demais e é importante lembrarmos com carinho e orgulho daquilo que fizemos”.

Eliara, o Colégio CEIC agradece por sua dedicação e participação na construção da nossa história.