Prata da Casa


Fernanda Maria Oliveira

12/04/2021

Fernanda Maria Oliveira

Fernanda Maria graduou-se em História na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Lecionando para as turmas do Ensino Fundamental II e Médio, Fernanda é a "Prata da Casa" do mês abril. Em sua entrevista, a professora comenta sobre a escolha da profissão e suas motivações.

“Sempre fui fascinada por História, mas não me imaginava sendo professora por conta da minha timidez.  Prestei vestibular na UFES para o curso de Arquivologia e durante a graduação meus colegas diziam que eu explicava muito bem e por isso deveria ser professora. Foi então que após me formar em Bacharel em Arquivologia prestei novo vestibular e entrei no curso de História. Hoje perdi a timidez e sou completamente apaixonada pela minha profissão.”

Como historiadora, Fernanda analisa o momento atual com esperança, devido ao aprendizado deixado pela humanidade em eventos semelhantes no passado.

“Infelizmente o cenário pandêmico atual não é um fato isolado na história da humanidade.  Doenças como a Peste Bubônica, a Varíola, a Gripe Espanhola e a Gripe Suína (H1N1) provocaram milhares de mortes e exigiram das pessoas conscientização e mudanças de hábitos. Hoje temos o avanço da medicina e dos estudos científicos como aliados, mas é necessário que a sociedade faça a sua parte. Não há um método infalível contra as doenças, mas há como controlá-las.”

Além da sala de aula, Fernanda dedica-se à leitura e ao amor por sua família com quem celebra cada conquista da sua vida. A última delas, a qualificação para o seu mestrado em “História da Educação”. “Acredito que o me move é a vontade de ocupar os espaços que por muito tempo insistiram em negar a presença das pessoas negras na sociedade. E ser uma historiadora me permite exatamente isso.”

Sobre 2021, Fernanda compartilha seu desejo para o ano que ainda se inicia: “Espero que tenhamos saúde, que possamos valorizar cada vez mais a vida e que o respeito seja sempre a nossa prioridade.”

Antes de encerrar a entrevista, nossa “Prata da Casa” deixa um recado aos alunos e colegas de trabalho.

“Queridos alunos e amigos colaboradores desejo que o amor, a sabedoria e a solidariedade estejam presentes cada dia mais em nossas vidas, dentro e fora da escola. Que possamos por meio da educação, ser a diferença na vida de muitas pessoas.”


VEJA AS FOTOS

Clique na imagem para amplia-la